SINTFUB cobra vacinação dos trabalhadores da Educação

0Shares
0 0

Por meio de ofício, o SINTFUB cobrou diretamente o secretário de saúde do Distrito Federal, Osnei Okumoto, acerca da vacinação dos Técnico-Adminsitrativos em Educação da UnB. O documento foi protocolado na última quarta-feira (26/05).

Confira abaixo o texto na íntegra:

O SINTFUB, entidade sindical regularmente constituída, inscrito no CNPJ sob o nº 01.633.692/0001-78, com sede no campus universitário, Asa Norte, Edifício Multiuso 1, Bloco C, 1º andar, Brasília-DF, vem, respeitosamente, perante Vossa Excelência, dizer e requerer o que segue:

Inicialmente, importante destacar que o SINTFUB é o legítimo representante sindical da categoria de trabalhadoras e trabalhadores técnico-administrativos, ativos, aposentados e pensionistas, que atuam junto às Universidades Federais no Distrito Federal.

Diante disso, é legítimo representante sindical dos servidores técnico-administrativos da Universidade de Brasília (UnB).

O Governo do Distrito Federal (GDF), por meio da Secretaria de Saúde, divulgou o início da vacinação dos profissionais da Educação na última quinta-feira (20/05). Há expectativas de que esse processo seja, inclusive, antecipado, caso as novas doses de vacinas para o Distrito Federal cheguem antes da data prevista.

Segundo noticiado, foram reservadas 10 mil doses de vacinas, inicialmente, aos professores e funcionários de creches públicas e privadas. Além disso, a previsão da campanha é atender, nas etapas seguintes, os profissionais de Educação de todas as instituições públicas e privadas.

Os servidores técnico-administrativos das Universidades Federais, nos termos da Lei Federal 11092/2005, possuem atribuições gerais de planejar, organizar, executar ou avaliar as atividades inerentes ao apoio técnico-administrativo ao ensino, à pesquisa e à extensão nas Instituições Federais de Ensino (IFEs). Também, executar tarefas específicas, utilizando-se de recursos materiais, financeiros e outros de que a IFE disponha, a fim de assegurar a eficiência, a eficácia e a efetividade das atividades de ensino, pesquisa e extensão das IFEs.

Portanto, os servidores técnico-administrativos são trabalhadores da Educação e devem ser considerados com urgência na vacinação.

Assim, é de estrema relevância possibilitar que os servidores técnico-administrativos da UnB, eis que profissionais da Educação, também seja permitido o agendamento e assegurado direito à vacinação.

Na certeza de contar com pronto atendimento, manifestamos votos de elevada estima e consideração.

Download

Baixe aqui o ofício do SINTFUB enviado à Secretaria de Saúde do Distrito Federal (formato PDF).

Conteúdo relacionado

Mário Júnior

0Shares
0