Paralisação 15 de Maio

0Shares
0 0

Assembleia vota paralisação para o dia 15 de maio

Reunidos em assembleia geral, na manhã de ontem (8), na Praça Chico Mendes, os servidores técnicosadministrativos da Universidade de Brasília (UnB) decidiram, por unanimidade, aderir à paralisação geral do dia 15 de maio (quarta-feira).

O ato esta sendo organizado pala Confederação dos Trabalhadores em Educação, centrais sindicais e contará com a participação de várias entidades. A paralisação é um dia de protesto que acontecerá em todo o Brasil contra a eforma da Previdência e os cortes de 2,2 bilhões do ensino superior e 2,4 bilhões da educação básica.

A partir das 8h os servidores técnicos-administrativos, alunos e professores da UnB irão se concentrar na entrada
Sul do Minhocão. Haverá ônibus à disposição dos manifestantes. Às 9h todos irão partir até o Museu Nacional da República. Lá estará concentrada toda a categoria da educação, pesquisadores e auxiliares de ensino. Do Museu todos seguem, em caminhada, até o Ministério da Educação em ato pacifico.

Nos últimos anos, a UnB sofreu outros cortes orçamentários. Foram cerca de 400 companheiros da limpeza
demitidos e mais de 100 trabalhadores e trabalhadoras

encarregados pelo jardim e pela garagem da universidade demitidos.Os trabalhadores ligados a manutenção também
foram demitidos em massa. Somam-se mais de dois mil terceirizados da UnB mandados embora. Além disso, foram extintas 900 bolsas para alunos e o Restaurante Universitário sofreu aumento no valor das refeições.

O Sindicato lembrou da importância de se fazer presente neste momento de luta pela valorização da educação no país. Para o coordenador-geral do Sintfub, Edmilson Lima, os cortes não são contingenciamento, como diz o atual ministro da Educação, e sim perseguição política e chantagem para a aprovação da reforma da Previdência.

DIA 14 (TERÇA-FEIRA) VAMOS ARRASTAR O MINHOCÃO

A assembleia aprovou a proposta apresentada pelo professor Pasquetti, diretor da Associação dos Docentes da
UnB (ADUnB) e vai participar junto com os docentes e estudantes da Marcha da Balbúrdia. O ato pacífico
ocorrerá no dia 14 de maio, uma prévia da greve-geral, e terá como local de concentração o Ceubinho, no ICC Sul, a partir das 11h. A caminhada percorrerá os corredores de todo o ICC e terminará às 12h, no Ceubinho, onde ocorrerá a Plenária Unificada do três segmentos, alunos, servidores e docentes chamada pelo Comitê em Defesa da UnB.

Transparência – saiba tudo que rolou na Assembleia

Informes

  •  Eleições CAD, CONSUNI e CIS – 16 e 17 de maio;
  • A URP continua no contracheque dos técnicosadministrativos da UnB para sindicalizados e não sindicalizados. O processo está no STF em posse da Ministra Carmem Lúcia;
  • CONGRESSO DO SINTFUB – 30 e 31 de maio;
  • Resumo dos atos do Comitê em Defesa da UnB – Ato no RU e no BCE Foram avaliados os seguintes temas:
    Reforma da Previdência;
    Cortes Orçamentários;
    Paralisação do dia 15 de maio.
  • Encaminhamentos:
    Faixas nos Campi
    Nota chamando para o dia 15 de maio
    A concentração do dia 15 de maio será no ICC Sul, a partir das 8h. O sindicato disponibilizará um ônibus
    para levar os manifestantes. O ônibus partirá em comboio com a carreata.
    Plenária Unificada dos três segmentos, no Ceubinho ICC Norte, no dia 14/05, às 12h.

Baixar o Informativo

admin

0Shares
0