SINTFUB cobra que reitoria retome negociação da pauta de luta dos trabalhadores

0Shares
0 0

O Sintfub encaminhará à reitoria da UnB documento que cobra a retomada das negociações sobre a pauta de reivindicação da categoria, defendida durante 99 dias de greve. O objetivo dos trabalhadores, que mesmo com o fim do movimento paredista continuam mobilizados, é garantir a jornada de trabalho de 30 horas semanais (horário de turno contínuo), entre outros pontos de luta dos servidores técnico-administrativos.

A solicitação do Sintfub para retomar as negociações é respaldada por determinação judicial. No dia 25 de junho, o ministro do Superior Tribunal de Justiça – STJ Napoleão Nunes Filho, determinou em liminar que a Administração Pública promovesse, até o dia 30 de junho, “uma reunião com os dirigentes das entidades de classe acionadas para o imediato restabelecimento do diálogo e o avanço das tratativas”.

A liminar ainda proíbe que “sejam efetuados quaisquer descontos nas folhas de pagamento dos servidores públicos referentes aos dias computados como de greve, bem como que sejam anotados os respectivos dias como faltas injustificadas”.

O não cumprimento destes dois pontos, determina o documento, resultará na cassação da liminar que reconheceu como abusiva a greve dos servidores técnico-administrativos, liberando as entidades classistas para restabelecerem a greve nos setores de trabalho.

Assembleia
No dia 10 de julho, quinta-feira da próxima semana, os servidores técnico-administrativos da UnB se reunirão novamente em assembleia com o objetivo de discutir os rumos da mobilização para pressionar a reitoria da UnB a cumprir a jornada de trabalho de 30 horas semanais. A assembleia será às 9h, no pátio do prédio da reitoria.

admin

0Shares
0