Reitoria chama para reunião, mas não avança na pauta de luta dos servidores da UnB

0Shares
0 0

Após assembleia realizada na manhã desta terça-feira (27), os servidores técnico-administrativos da UnB lotaram o Salão de Atos do prédio da reitoria para ouvir a proposta da administração superior da Universidade à pauta de reivindicação dos trabalhadores, em greve desde o dia 17 de março. No entanto, o encontro convocado pela Comissão de Negociação da reitoria não resultou em avanços para os trabalhadores.

O representante da Comissão, professor Ebenézer Silva, afirmou no início do encontro que a proposta da reitoria tinha o intuito “de proporcionar o encerramento do movimento grevista e retorno dos trabalhadores aos postos de trabalho”. A proposta se resume em três pontos: o apoio institucional da UnB às melhorias salariais para a categoria dos técnico-administrativos; o estímulo à capacitação interna dos técnico-administrativos da UnB; e a criação da Comissão Permanente para analise dos processos relacionados à implementação da jornada flexibilizada de 30 horas.

As propostas foram recebidas com decepção pelos trabalhadores. “Precisamos de algo efetivo. Não podemos aceitar apenas compromissos. Essa proposta é vaga e não garante nada à categoria”, avaliou o coordenador do Sintfub, Messias Barbosa.

Uma das argumentações da Comissão de Negociação da reitoria foi que vários processos dos setores de trabalho que solicitaram a implementação das 30 horas não haviam sido aprovados por falhas no preenchimento da documentação exigida. A servidora Socorro Marzola, ex-integrante da Comissão que analisou os processos, retrucou e afirmou que “os processos não foram preenchidos erroneamente”. “O problema com os processos foram as questões subjetivas colocadas além da resolução sobre a jornada flexibilizada”, disse.

Consuni
Ebenézer Silva ainda afirmou que a reunião do Conselho Universitário – Consuni, que dará continuidade ao debate sobre a pauta de reivindicação dos técnico-administrativos da UnB, está agendada para esta sexta-feira, dia 30.

Atos
Na assembleia desta terça-feira, os servidores técnico-administrativos ainda aprovaram a realização de atos para reforçar o movimento grevista. Veja o calendário:

27 e 28/05 (terça e quarta-feira): Ato em frente ao Mané Garrincha

29/05 (quinta-feira): Cornetaço em frente ao Palácio do Planalto

Os atos terão concentração na Praça Chico Mendes, sempre às 9h

admin

0Shares
0