Categoria pressiona e Consuni aprova moção de apoio à pauta da greve dos servidores da UNB

0Shares
0 0

Em reunião do Conselho Universitário – Consuni da UnB, realizada nessa sexta-feira (31), os conselheiros aprovaram moção de apoio aos pontos de luta reivindicados pelos servidores técnico-administrativos da Universidade, em greve desde o dia 17 de março. A decisão foi tomada após pressão da categoria, que procura espaço de negociação com o intuito de conquistar a apreciação da pauta de reivindicação e finalizar o movimento paredista.

Na reunião do Consuni, ainda foi garantido que o reitor da UnB, Ivan Camargo, encaminhará à Andifes, associação que representa os reitores de todas as universidades públicas federais do Brasil, e aos ministérios do Planejamento e da Educação, carta explicitando o apoio institucional da UnB às reivindicações dos servidores, frisando a necessidade de se melhorar os salários da categoria, atualmente, os mais baixos do Executivo federal.

O Conselho Universitário ainda defendeu que a discussão da jornada de trabalho de 30 horas dos servidores da UnB deverá continuar sendo discutida no Conselho Administrativo – CAD, da UnB. Nas discussões, a resolução que respalda a implementação da jornada de seis horas corridas diárias será mantida. O que poderá sofrer mudanças são os procedimentos para que se instale a jornada de trabalho de 30 horas.

admin

0Shares
0