sintfub@unb.br (61) 3273.4055

Dia do Trabalhador: o que comemorar?

0Shares
0 0

A direção do Sindicato dos Trabalhadores da Fundação Universidade de Brasília (Sintfub) parabeniza a todos os trabalhadores pela garra e pela dedicação no ofício. A data 1° de maio é lembrada com a certeza de que o trabalhador merece muito mais que um dia comemorativo, um feriado ou frases bonitas. A data deveria remeter às muitas conquistas e, principalmente, ao papel fundamental dos personagens que fazem o país funcionar. Vivemos uma era em que parecem ter esquecido que a educação passa pelo trabalho admirável dos professores, que a saúde é mantida e conquistada por meio de profissionais capacitados e que dedicam suas vidas a isso. Esquecem que o alimento nosso de cada dia é preparado por alguém que trabalhou para isso. Esquecem que banheiros limpos, lixo recolhido, roupas lavadas, e que milhares de instituições trabalham para que nossa rotina aconteça, desde as tarefas mais simples às mais complexas. Vivemos a época em que o trabalhador pode ser invisível pelos governantes, mas se deixar de realizar suas funções, a empresa não funciona e o país para. O impacto da ausência do trabalhador é simplesmente imensurável.
Vivemos uma época em que todos esses personagens e muitos outros são desvalorizados, e como se não bastasse, são violados em seus direitos conquistados às custas de inúmeras manifestações e até com suas próprias vidas.
O que comemorar nesta data, especialmente em um ano marcado pela retirada de direitos? O Sintfub, entidade que representa os trabalhadores da Fundação UNB, não se cansa na luta de proteger os direitos que o governo ilegítimo insiste em caçar. E como forma de homenagear esses valiosos profissionais, lembramos da trajetória de algumas das lutas travadas em benefício não só dos nossos filiados, não somente do trabalhadores da UNB, mas pelo brasileiro, pelo futuro da nação e em respeito ao passado sangrento em que muitos deram suas vidas para que hoje desfrutássemos dos direitos que tanto incomodam a classe abastada e alienada acerca do sofrimento enfrentado pelo povo menos favorecido.
Aos trabalhadores, nossa melhor forma de homenageá-los é mostrando que vamos continuar na guerra para dar voz ao povo, ainda que a voz dos parlamentares vença nas urnas de condenação maciça por meio de votações vexatórias e injustas. A luta será lembrada!

Sintfub

admin

0Shares
0