sintfub@unb.br (61) 3273.4055

Sintfub pressiona e CAD dá andamento ao processo de flexibilização da jornada na UnB

0Shares
0 0

Os novos integrantes da Comissão de Flexibilização da Jornada de Trabalho na UnB, eleitos pelos técnico-administrativos da Universidade, foram nomeados nesta quinta-feira (21), durante a primeira reunião neste semestre do Conselho de Administração – CAD da Universidade. A informação foi passada à categoria pelo integrante da Comissão de Negociação da reitoria, Ebenézer Nogueira, nos últimos minutos da assembleia dos servidores, realizada também nesta quinta, no prédio da reitoria.

“Este foi um passo muito importante para a nossa categoria, e só foi dado por que estivermos firmes na luta, Sindicato e trabalhadores. Agora, é continuar pressionando para que a reunião desta Comissão seja agendada e que os membros deste grupo possam avaliar novamente os processos que solicitam a jornada de 30 horas semanais nos setores de trabalho, inclusive os recursos de setores que tiveram este pedido negado. Lembramos ainda que os setores que não solicitaram a flexibilização da jornada, deverão apresentar”, afirma o coordenador geral do Sintfub, Mauro Mendes.

Dia Nacional de Luta
Ainda na assembleia desta quinta-feira, os servidores técnico-administrativos da UnB aprovaram a realização do Dia Nacional de Luta, com paralisação das atividades, no dia 27 de agosto. A atividade é convocada pela Fasubra, federação que representa a categoria, com o objetivo de mostrar que os servidores técnico-administrativos em educação das universidades federais estão insatisfeitos com a falta de resultados positivos nas reuniões com o governo federal, mas seguem com disposição de luta para obter resultados concretos. De acordo com a coordenadora de Educação da Fasubra, Rosângela Costa, cada estado organizará suas atividades. Na UnB, será realizado, a partir das 9h do dia 27, um debate com diversos candidatos ao Congresso Nacional e à Câmara Legislativa do DF nas próximas eleições. O intuito é conhecer as propostas que estão em pauta e que formarão a nova conjuntura a partir de 2015.

De acordo com a coordenadora de Educação da Fasubra, até agora, o único compromisso feito pelo governo federal foi de encaminhar ao Congresso Nacional a alteração da lei que trata da eleição dos reitores das universidades federais, tornando-a paritária. Atualmente, os votos para eleição de reitor têm peso de 70% para docentes e 15% de técnico-administrativos e 15% para estudantes.

As questões sobre a carreira, como reposicionamento de aposentados, racionalização dos cargos e aglutinação, serão discutidas na Comissão de Supervisão da Carreira. Entretanto, a coordenadora da Fasubra lembra que esta instância não tem poder deliberativo.

Outros encaminhamentos
A assembleia desta quinta-feira (21) também aprovou nova reunião do Conselho de Representantes dos servidores da UnB para o dia 28 de agosto, às 9h, no auditório do Sintfub.

Também no dia 28 de agosto, serão realizada diversas palestras sobre assédio moral e outros temas do mundo do trabalho, com psicólogos da UnB, das 14h às 17h, no auditório do Sintfub.

admin

0Shares
0